Clubes em Ação

Voltar

ACERVO

Voltar

Colunistas

A generosa família do Rotary

abr 1, 2020

Ni hao, rotarianos!

Talvez o mais gratificante de todos os empreendimentos humanos seja o ato de retribuir, e o Rotary oferece inúmeras oportunidades para fazê-lo, como as doações à Fundação Rotária. Não importa o quanto cada rotariano ou clube decidam doar, já que o importante é a participação.

Ao doar cem dólares ou mais por ano à Fundação Rotária ou ao Fundo Anual, você pode se tornar um Contribuinte Especial da Fundação Rotária. Multiplique essa doação por dez, ou seja, doe pelo menos mil dólares ao Fundo Anual, Fundo Pólio Plus ou a um Subsídio Global aprovado e você será Companheiro Paul Harris. Desde 1957, o título de Companheiro Paul Harris foi outorgado a mais de 1 milhão de pessoas. E aqueles que doam anualmente mil dólares ou mais ao Fundo Anual se tornam membros da Sociedade Paul Harris. O Rotary Club de James River, nos Estados Unidos, conquistou 100% de participação nessa Sociedade. O seu clube também é capaz disso.

Vamos multiplicar o número por dez de novo. Rotarianos que se comprometem com doações futuras de 10 mil dólares ou mais à Fundação se juntam à Sociedade de Doadores Testamentários. É doador extraordinário todo aquele que já doou ao menos 10 mil dólares para a Fundação. Ainda estou orgulhoso de como agregamos 106 Major Donors em Taiwan durante o centenário do Rotary, superando nossa meta de cem doadores. Somados a outros 103 Major Donors angariados no ano seguinte, eles contribuíram com mais de 2 milhões de dólares para o Fundo Anual! A dádiva dessas doações pode provocar mudanças positivas em comunidades inteiras.

A Sociedade Arch Klumph reconhece o nível mais alto de doações no Rotary, com valores de 250 mil dólares ou mais, alcançando centenas, senão milhares de vidas pelas próximas gerações. Este mês, parabenizo as 11 pessoas e casais reconhecidos durante a Assembleia Internacional deste ano por ampliarem o nível de doações na Sociedade. Esses generosos apoiadores deslocaram-se do Japão, Nigéria, Taiwan e Estados Unidos para celebrar a filantropia.

Agora, imagine o que seu clube pode fazer, o quanto você pode contribuir, que legado você pode deixar e identifique um nível de doação que melhor funcione para você. Qualquer que seja a sua contribuição, qualquer que seja a meta do seu clube, lembre-se que as doações que oferecemos hoje auxiliarão o Rotary e as comunidades em que atuamos neste ano e por muitos outros de diversas formas que talvez nunca venhamos a saber.

* O autor é Gary C. K. Huang, chair 2019-20 do Conselho de Curadores da Fundação Rotária.

Share This